Arte-Astral

Arte-Astral por Debord-Blissett

A astrologia, como sabemos, é um sistema que abrange tradições e crenças que têm por objetivo a tentativa de estabelecer correlações entre eventos no espaço sideral com eventos terrenos, com diversos níveis de interpretação possíveis. Já o zodíaco é uma faixa imaginária do firmamento celeste que compreende as órbitas aparentes do sol, lua e dos planetas de nosso sistema solar. Divide-se em setores que correspondem ao movimento anual do sol por 12 constelações. Pode-se então supor que cada artista pertence naturalmente a uma constelação, uma compartimentação definida por filiação estilística ou procedimentos específicos e que tem um nome dependendo de sua forma no céu, digo, no panteão da história da arte.

O Horóscopo Artístico compreende o estudo do sol, da lua e dos planetas e como eles influenciam na vida e na produção artística. Os astrólogos, galeristas, colecionadores e curadores utilizam uma espécie de mapa do cosmos e um diagrama de tendências de mercado, a fim de melhor compreender a complexa dinâmica envolvendo corpos astrais e performáticos. Desde os tempos dos pregões de arte rupestre as pessoas vêm tentando entender o padrão de movimentos e oscilações dos astros e estrelas do universo da arte. Eles ajudam a medir o ritmo de produção, definir poéticas, determinar a hora de comprar e a prever as tendências da temporada. Deve-se também lembrar que há sempre cometas e meteoritos cruzando o éter das artes em trajetórias fugazes, úteis para nos lembrar de um determinado ano específico e por vezes podendo ser vistos como lembretes de fases ruins do passado.

Nesta edição, faremos uma projeção zodiacal para o trimestre julho/agosto/setembro, que será marcado pela ânsia comunicativa, convites à reflexão, pensamentos inteligentes e outras características vagas mas estimulantes ditadas pelos astros.

ÁRIES

Marte em oposição a Júpiter sugere aproximação com os amigos. Esse tipo de congraçamento eleva o espírito, enaltece a alma e torna mais amenas as mazelas do cotidiano. Durante o transcorrer desta oposição, as pessoas costumam estar bem-dispostas umas com as outras, dificultando o surgimento de conflitos. Época favorável a atividades em estética relacional, em formatos diversos como jantares, colecionar documentos, depoimentos em vídeo e desenhos a dezoito mãos. Agosto será um período excelente para você ampliar sua vida, seu repertório e, por que não, seu atelier, algo que pode acontecer por meio de novos estudos, cursos e viagens. Grandes chances de conseguir bolsas de residência no exterior. O Sol em seu signo traz recompensas também no plano espiritual; aproveite para canalizá-las em sua produção, sobretudo se envolver desenho, gravura em metal ou fotografia.

TOURO

Com Vênus retrógrada, formando aspectos tensos com Plutão indefinidamente, será uma época propícia para rever sua vida, o que pode exigir muito de você. Mercúrio estará em seu signo em breve; considere a possibilidade de usar melhor seus dotes intelectuais e mentais, aplicando-os de maneira concreta e prática em sua produção. Críticos e curadores estarão fortemente propensos a ter insights preciosos nesta conjunção astral, até por seu regente estar enviando raios positivos ao revolucionário Urano e ao transformador Plutão. Aspecto também interessante para desenvolver propostas em equipe e trabalho conjunto. Happenings, intervenções urbanas e trabalhos em vídeo estarão em alta.

GÊMEOS

O Sol entra em Touro quando você menos esperar, e o pico deste processo acontece na Lua nova. Mercúrio começa a formar um aspecto intenso com Plutão, quase libidinal mesmo, trazendo empréstimos e dívidas. Para os artistas, momento propício a negociações com seu galerista. Você que é colecionador, contenha seu ímpeto neste período. A lua nova em Touro marca o período de mais intenso mergulho nas suas reavaliações, finalizações e fechamento de ciclos. Este é um momento que pede certa introspecção, e ficar junto à natureza pode ser uma boa idéia. Invista em propostas em land art e site specific a céu aberto.

CÂNCER

O período começa com uma Lua crescente em seu signo apontando você como exemplo a ser seguido para equilibrar o impulso de criar, de ser e de acontecer. Surgirão convites para grandes exposições e você pode se sentir mais vulnerável, imbuído/a de hesitações. Mas esta tensão vai lhe ajudar a ver e ir mais longe em seguida. Confie no dinamismo da vida e mantenha suas decisões depois. Sol e Júpiter armam aspectos poderosos no segundo ciclo do seu regente, o que reforça as decisões audaciosas ditadas pela conjunção entre Marte e Urano, este último regressivo. A Documenta de Kassel é o limite.

LEÃO

O trajeto anual do Sol pelo signo irmão de Áries é sempre um sinal de abertura, entendimento, mais entusiasmo e garra para viver. Além desta força solar, você conta com Júpiter, que ajuda a ampliar a escala de suas esculturas, por meio de procedimentos versáteis e uma relação inovadora com o espaço e o material. Com estas mudanças, você crescerá, expandindo possibilidades e aumentando as chances de ganhar visibilidade no circuito. Uma oportunidade ótima para você encarar de vez a necessidade de dar vazão a um lado mais expressivo, sem tanto rigor conceitual. A arte será um ótimo canal para você resolver mágoas e inquietações antigas, sobretudo na pintura metafísica, carregada de simbolismos. Você contará com a visão interior clara, além de obter o máximo de seu poder mental.

VIRGEM

Às vezes é bom encarar a solidão, porque por meio dela você descobre a coragem de ser único, de seguir por um caminho próprio, que ninguém experimentou, assim como o Richard Long. Então, não adie mais aquele projeto de performance ou intervenção que prevê total isolamento do mundo por semanas, seja na natureza ou num espaço institucional semi-abandonado. Esta verdade é um presente do Sol em Câncer para você. Você irá entender algo mais em seu âmago, e a enfrentar melhor possíveis perdas [de sono, tempo e material] e transformações. O Sol em trígono com Plutão vem na seqüência, contudo, e garante foco e tirocínio para grandes e importantes decisões. Mostre o que sabe fazer, onde e quando importa, e aconteça.

LIBRA

Vênus uma vez mais retrógrada indica que você terá de lutar contra a tendência de se deixar levar pelas opiniões alheias ou de ficar enfraquecido por decisões impulsivas. Sua postura em relação às pessoas irá mudar, e por conseguinte a postura delas em relação a você. Esta tendência segue até um momento de auge, perfeito para mergulhar fundo dentro de si ou de instalações envolvendo líquidos, fluidos e outros agentes imersivos. Finalmente, o lado idealista e justiceiro do libriano vai falar alto em meados de setembro. A Lua nova em Virgem reforça o poder realizador de um ótimo aspecto entre Mercúrio e Urano, que inova e liberta mentes. Contudo, se investir em projetos de artivismo e intervenção urbana, procure não se prejudicar pessoalmente; seja sutil e conciso.

ESCORPIÃO

A tendência de julho e agosto para centrar esforços nos ajustes que precisava fazer em sua vida pessoal continua forte. Você vai ter pouco tempo para acertar o passo nestes assuntos, pois com Netuno retrógrado parece que ninguém está afim de lhe ajudar a amarrar conceitualmente seu trabalho. Eventualmente você contará com a lucidez necessária para tomar um rumo mais firme em sua vida prática, como mudar de galeria. Uma esperança surge, uma porta se abre, e você irá segui-la e inovar em sua produção pictórica, com a introdução de novos elementos como palavras e texturas atmosféricas.

SAGITÁRIO

Marte em oposição a Urano indica que você deve ser mais prudente neste período e agir de modo mais ponderado. Nesta conjunção astral você deve amenizar o grau de rigor para com seu trabalho; puxe um pouco o freio de mão em relação a sua produção habitual e permita-se experimentar mais em outras linguagens artísticas.  Foque as suas atitudes e decisões naquilo que realmente irá trazer algum tipo de retorno, como desenhos, peças pequenas, sem esquecer de investir em molduras caprichadas. Esta conjunção sugere ainda que você seja mais objetivo. De uma maneira geral, durante este aspecto, você parece querer tirar conclusões precipitadas sobre as pessoas. Procure evitar esta atitude prepotente, pois o resultado de sua análise pode não refletir a realidade. Evite retratos antropológicos e propostas lidando com crítica institucional.

CAPRICÓRNIO

Suas idéias tendem a girar em torno de um mesmo tema ou ponto de atração em seu trabalho, até por Mercúrio estar em quadratura com Saturno. O momento é favorável para testar alguma criação mais mirabolante por você concebida, ou executar um novo procedimento empresarial – bem como fazer alguma aplicação financeira [momento bom para você que pensa em abrir uma galeria de arte]. Apesar desta quadratura ser favorável à produção em geral, os riscos devem ser analisados cuidadosamente antes de qualquer atitude ou decisão. Durante este aspecto astrológico, suas convicções e desejos podem entrar em conflito. Período favorável para fotografia semi-documental de grandes dimensões e projetos de presença efêmera.

AQUÁRIO

Bem, a Lua está em trígono com Plutão; quando este aspecto zodiacal se manifesta, você ganha em confiança e otimismo ao lidar com as pessoas. Época proveitosa para você conseguir a ajuda de colegas no empreendimento que está desenvolvendo, como aquela série de objetos fundidos em ouro e platina ou instalações de grande porte. Você se sente excepcionalmente afetuoso e mais apaixonado do que é normalmente; e os relacionamentos físicos, em especial, tendem a se intensificar mais durante este período. É um excelente período para se revelar à pessoa que ama, demonstrar todo seu carinho e ternura por meio de trabalhos em vídeo ou em chocolate. É também um momento bom para trabalhos relacionados à abordagem “relacional”, portanto. Propostas associadas ao corpo – performances, happenings, videoarte – e à participação efetiva – e por que não, afetiva – “do outro” tendem a ser bem-sucedidas neste ménage, digo, neste trígono. Evite a produção de múltiplos nesta conjunção astral.

PEIXES

Este aspecto astrológico, Vênus em sêxtil com Mercúrio, torna você mais engenhoso, alegre e comunicativo, com ênfase no magnetismo pessoal. Havendo possibilidade, tente reunir-se socialmente ou convidar parentes e amigos para um encontro em sua casa ou atelier; ou ainda, e idealmente, na maison de seu marchand favorito. Esta conformação sêxtil favorece esses acontecimentos de uma maneira muito especial. A sua boa disposição, neste momento, faz você apreciar e se dedicar à arte em tudo que ela tem de belo e harmonioso. Período bom para participar de salões e feiras de arte, bem como para realizar happenings e propostas relacionais.

Cabe observar que o Horóscopo Artístico não pondera os significados dos aspectos astrológicos entre si em sentido estrito. Analisa e projeta, individualmente, todos os eventos que acontecem ao longo das 24 horas do dia e das 8.640 horas do ano, enfatizando a práxis artística, mas irá sempre haver algumas lacunas nesta leitura. Portanto, se perceber eventuais previsões contraditórias ou um tanto vagas, considere-as acontecendo em momentos distintos, em diferentes horários do dia consultados, ou simplesmente fora do escopo astral a nosso alcance. E releve a repetição ou a imprecisão de certas previsões – afinal, esse negócio de astrologia é complicado, e tem astro para caramba no universo das artes visuais. Assim como na arte, a ciência do horóscopo também incorpora o erro.

Boas vibrações a todas e todos e até a próxima, se os astros [os celestes] permitirem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s